Almakia – A vilashi e os dragões é inacreditável!

A resenha de Almakia foi publicada inicialmente no meu antigo blog, Way to Happiness

Garo-lin é uma vilashi que possui um almaki, ou seja, uma aldeã comum, mas que mesmo assim possui o dom de manipular o fogo. Quando entra no maior Instituto de Almakia, percebe que está ali apenas para ser posta em seu lugar, uma insignificante aldeã com um insignificante poder. O oposto dos cinco dragões, descendentes de famílias poderosas que possuem o maior grau de poder de seus almakis, e os futuros governantes de suas cidades.

Por conta disso Garo-lin se esforça ao máximo para não ser notada e não fazer diferença, para que a deixem em paz até o fim dos estudos. Era um plano perfeito, até ocorrer um incidente: Garo-lin, para defender uma nova amiga, enfrenta diretamente o Dragão de Fogo, Krission, o mais poderoso dentre eles. Como consequência, Garo-lin é castigada, e é obrigada a conviver com os desprezíveis dragões.

Garo-lin se vê envolvida com os dragões e percebe que eles podem até ser boas pessoas. E logo depois todos eles se veem envolvidos em uma história cheia de politicagem e manipulações, em que os dragões são as principais peças e Garo-lin, apesar de todas as expectativas, acaba se tornando também uma peça chave!

Ganhei Almakia em uma promoção, deitei na cama as duas da manhã, depois de um dia todo fazendo TCC, e pensei inocentemente em dar uma lidinha de leve, antes de dormir… Acabei o livro as nove da manhã, sem um pingo de sono, e com uma única decepção: COMO ASSIM EU AINDA NÃO TENHO O LIVRO DOIS??

De início pensei que Lhaisa simplesmente tinha feito uma fusão de Harry Potter com aquele desenho Avatar, mas ela foi muito além disso! Ela criou um país, suas características financeiras e políticas, sua história, seu povo rico e pobre, e também criou personagens fantásticos! A história é envolvente a ponto de você precisar sentar de vez em quando, para poder respirar!

Eu sempre gostei de personagens secundários, mas os dragões extrapolam todas as expectativas, ela conseguiu fundir defeitos com qualidade de forma tal que eles são muito humanos! Kris, o dragão de fogo, é disléxico e as vezes usa as palavras erradas, então era quatro da manhã e eu estava gargalhando com as coisas que ele dizia! Hahaha! E o dragão do vento, completamente avoado e mesmo assim muito enigmático!? E também tem Kidari, a nova amiga de Garo-lin, tão divertida e espontânea que é impossível não rir dela com o dragão do raio, tão impaciente!

Garo-lin é a única personagem que me incomodou. Ela está sempre com o pé atrás. Eu compreendo, cinco anos sendo ignorada e menosprezada, é de se imaginar o trauma… Mas enquanto todos os outros personagens estão sendo sinceros e espontâneos, ela está sempre arredia, buscando algum motivo maligno por trás… Do início ao fim! A única parte em que ela deixa essa dúvida de lado é no final, mas né, leiam pra saber Haha!

Lhaisa escreve muito bem, a leitura flui tão fácil que é impossível perceber as páginas passando, e os personagens são tão bem feitos que você tem certeza que eles existem em algum lugar! A história é envolvente e sem clichês e, para ser bem sincera, o último livro que me fez virar a madrugada foi Senhor dos Anéis… Então sim, ele está na minha lista de preferidos, e estou aguardando ansiosamente pelo próximo volume! E com muitas expectativas, então Lhaisa, não me decepcione! Hahaha!

Ficha Técnica

Título: Almakia – A vilashi e os dragões (Série Almakia #1)
Autor: Lhaisa Andria
Compre: Facebook | MODO Editora
Saiba mais: Skoob | Facebook | Site