Surtando com o revival de Gilmore Girls

Vocês já viram que um revival de Gilmore Girls foi lançado nessa última sexta-feira, dia 25, né!? O seriado conta sobre o relacionamento de Lorelai Gilmore, mãe solteira, com sua filha Rory Gilmore, e com sua mãe e seu pai, além de toda a vida que construiu sozinha após ter fugido de casa. Foram sete temporadas acompanhando a vida delas, Lorelai e seus sentimentos turbulentos em relação aos pais, ao ex-namorado e pai de sua filha, e o crescimento de sua vida profissional. Mas, para mim, foi principalmente acompanhar o crescimento de Rory, seus estudos, os relacionamentos, afinal, foi a personagem com quem eu mais me identifiquei desde o início.

Eu assisti a série no meu primeiro ano de faculdade. Então, apesar de não ter ‘crescido’ junto com a Rory, me identifiquei demais com os conflitos dela. Aquela fase da vida em que nossos pais não parecem mais tão certos, mas ao mesmo tempo, toda a relação de amizade que as duas nutriam… Tudo o que elas enfrentaram sozinhas… E principalmente, o quanto elas falavam e comiam! Hahaha! A série foi um conforto para mim, uma forma de eu aceitar um pouco melhor as mudanças da minha vida, e uma inspiração.

Família Gilmore

E agora, 9 anos depois de ser lançado o episódio final da série, eu pude me encontrar novamente com a Rory! Para mim foram sete anos de faculdade sobre um assunto que eu abandonei, e pude encontrar Rory  em um momento complicado da vida dela, em que as expectativas da vida de gente grande não foram atendidas, e as decisões se tornaram cada vez mais difíceis. Quando é o momento de voltar para trás, para analisar a situação de outra perspectiva? Quais são os parâmetros que devemos usar para nos comparar com os outros? Qual é a decisão final que nos torna sensatos, e a que nos transforma em fracassados?

Me identifiquei tão facilmente com o revival que senti como se nunca tivesse parado de assistir a série! Aquele sentimento bom de encontrar amigos que não víamos a anos, e parecer que nos vimos ontem, sabe? Claro que, como algumas pessoas já devem ter percebido, o final da série também deixou algumas polêmicas no ar, algo que vou abordar em próximo post, mas no geral, foi uma ótima experiência ter assistido esses quatro episódios com as Gilmore. Obrigada, Netflix, por essa oportunidade!

FICHA TÉCNICA
Título: Gilmore Girls (Tal mãe, tal filha)
Criador: Amy Sherman-Palladino
Ano de início/ término: 05 de outubro de 2000 a 15 de maio de 2007
Números: 7 temporadas, 152 episódios.