Filme O preço do amanhã

Em O preço do amanhã, a moeda não é mais o dinheiro, e sim o tempo. Quando você nasce, colocam um cronômetro no seu pulso, e aos 25 anos ele é ativado, lhe informando que você possui somente mais um ano de vida. Infelizmente, famílias simples precisam usar esse ano para pagar contas comuns, como água e luz, fazendo com que a vida se torne sempre uma luta contra o tempo. Trabalhar para ganhar mais horas para poder pagar as contas, e com o que resta, tentar viver a vida da melhor forma possível sem gastar muito. Se não fosse o cronômetro, não seria muito diferente de nossa vida atual, não?

O preço do amanhã, filme

Como definido no Projeto Filme no Escuro, eu sabia pouquíssima coisa do filme: que tinha o Justin Timberlake, e que meu namorado tinha assistido e não tinha gostado! Como a palavra-chave era Tempo, uni isso ao nome para imaginar que deveria ser uma história sobre a importância do dia seguinte, mas não tentei imaginar nada além disso.

Assim, fiquei muito curiosa quando no início do filme somos apresentados a Will Sallas, de uma família sem tempo, que recebe de um desconhecido uma doação de 100 anos. Ele decide então conhecer a vida das famílias verdadeiramente ricas, e descobre que, para poucos terem muito tempo, muitos precisam ter pouquíssimo, e toda a manipulação para que isso aconteça.

preço do amanhã, filme

Não estamos destinados a viver para sempre

O que mudaria em nossas vidas se ficasse tão claro o tempo que pagamos pelas necessidades básicas? Um ano de vida, dois, dez? Quanto mais tempo, mais oportunidades de aproveitar os detalhes da vida. Quanto menos tempo, mais pressa de realizar as coisas, de aproveitar cada segundo que resta, afinal, ninguém confirma que você terá mais um dia de vida. Quanto mais tempo, mais vida.

Adorei toda a premissa, mas sinceramente, Justin e Amanda foram um casal super clichê. Nas cenas, no romance, nas ideias mirabolantes. O tema é tão bom, as analogias e a crítica à sociedade, que esperava definitivamente um diferencial da situação. Se você acha que só tem mais um dia de vida, quanto tempo você demora para tomar algumas decisões? Podia ser bem mais bem elaborado isso ai.

Três estrelas no Netflix. O filme tem bastante ação, é sempre uma corrida contra o tempo. Para quem gosta de ação e um filme com algumas reflexões, é uma boa pedida. Mas eu não indicaria para os amigos, e eu ainda prefiro o Justin cantando.

Ficha técnica
Indicação: Brenda, de O que foi, Brendex?
Nome: O preço do amanhã (In time)
Tempo de filme: 1h41min
Direção: Andrew Niccol
Atores: Justin Timberlake, Amanda Seyfried, Cillian Murphy
Gênero: Ficção científica, Suspense

  • Cameron M. Fowler

    Eu vi esse filme no colégio, mas não cheguei a terminá-lo. Mas eu pretendo finalizar! O pessoal que não fala muito bem do final do filme. Vamos ver aí! Kkk Mas já por ter a Amanda Seyfreid eu já quero terminar logo de ver hsuahsuas

    • LigiaColares

      Hahahha! Como vc consegue viver a vida sem saber o final de um filme? Eu nao consigo, isso me consome! Haha! E ainda assim, acho que vc deveria terminar de ver esse. Eles dao um encerramento pra historia, e querendo ou nao, o final muda sua concepção de alguns filmes né? =P

  • O que foi, Brendex?

    Eu amo esse filme mdsssss <3

    http://oquefoibrendex.blogspot.com.br/

    • LigiaColares

      Valeu a indicação, Brenda! =D Mesmo q eu nao tenha gostado muito, era um filme que estava na lista faz tempo, ao menos matei a curiosidade! =D

  • Blog Dois Pernods

    Bacanérrimo! Adorei!