Lolita e a corrupção de uma criança de 13 anos

Humbert Humbert, acadêmico, começa a história deixando claro que está preso, e que seu diário é uma forma de explicar o que exatamente aconteceu. E, logo no início, esclarece que o fato de seu primeiro amor, Annabel, ter morrido de forma prematura sem poderem consumar seu amor, lhe causou uma forte preferência por meninas de 9 a 14 anos. Assim, a primeira parte do livro se resume a uma apresentação de sua vida antes de conhecer Dolores, mais conhecida como Lolita.

Continuar lendo